O funil de vendas é a metáfora e a resposta perfeita para o empreendedorismo atual. Muito se fala hoje em dia sobre como conseguir conquistar e fidelizar clientes.

Tendo uma gama tão grande de opções dentro do mercado e disputando a atenção do stakeholder com outras empresas, estratégias devem ser utilizadas para tornar fiéis consumidores antigos e atrair novos, afunilando o interesse em nomes externos para priorizar o próprio.

Mulher sorridente olhando para a tela de um notebook enquanto fala com a utilização de um fone headset. A mulher usa tranças e veste uma camiseta rosada e uma camisa amarela por cima. Ela está explicando sobre o funil de vendas para um cliente.

A solução para todas as dúvidas em relação à fidelização de clientes está no funil de vendas. Uma técnica centenária que foi sendo adaptada; hoje em dia pode ser considerada a estratégia mais funcional do nosso século.

Numa era tão permeada com informações, utilizar-se de estratégias que coloquem sua empresa em destaque dentro do filtro exige: consciência, procura de solução, o fechamento da compra, mas também ações pós-venda, pois o que traz clientes a longo prazo é o diferencial depois.

O processo de captação de leads, busca por novos clientes e fidelização pode ser aplicado em qualquer empresa. Sem exceções, qualquer bom negócio se beneficia do marketing digital e seus segmentos. Afinal, na era digital nosso funil poderia ser um filtro e de toda forma passaria-se pelos critérios desenvolvidos pelo Google e pelo próprio público-alvo.

Pensando na aplicação prática e eficiente de técnicas muito bem desenvolvidas, empresas como a Ideal Sales oferecem o caminho do sucesso online para vendas. Seja tratando de CRM, funil de vendas e captação de leads, tudo pode ser aprimorado e desenvolvido.

Para entender melhor o que é e como utilizar o funil de vendas, continue lendo ou acesse os tópicos do texto diretamente utilizando os links abaixo.

Conheça AIDA: o primeiro passo para o funil de vendas

O funil de vendas nos dias de hoje é basicamente uma representação metafórica do processo que leva à compra. Outro termo para “funil de vendas” seria a “pipeline”, que em tradução literal significa “encanamento”. De toda forma, é um termo representativo: através das técnicas certas entre o primeiro contato e o apertar de mãos que confirma a aquisição está o processo de negociação.

Contudo, o conceito por trás do funil de vendas surgiu muito antes de o entendermos como o processo abstrato atual. O primeiro exemplo dele teria sido um ideograma representando a trajetória até a compra final.

Apesar do conceito parecer moderno surgiu inicialmente no fim do século 19, quando o publicitário dos Estados Unidos da América, Elias St. Elmo Lewis conseguiu entender os padrões de interesse dos clientes.

Elias St. Elmo Lewis foi considerado um dos pais da publicidade e não sem razão: ele acreditava que utilizando-se do método AIDA, já no longínquo ano de 1898, seria possível se educar e entender com propriedade em relação à trajetória total de interesse e compra.

O esquema proposto por Lewis era um comando que evoluiu o suficiente para se tornar um acrônimo, isto é, uma palavra formada pelas iniciais de outras palavras, assim criando uma sigla. “AIDA” era um mantra, uma chave para guiar vendedores em suas tentativas de convencer o consumidor que o estabelecimento em questão seria a melhor escolha.

O comando em questão era “atrair atenção, manter o interesse, criar o desejo”. Logo, o comerciante passava a chamar a atenção do cliente para os benefícios do produto, conversar e convencê-lo de que o produto era indispensável e assim gerar o desejo.

Conforme o tempo passou, o comando acabou ganhando mais uma palavra-chave correspondente à venda – cortesia dos estudos desenvolvidos pelo próprio Elias St. Elmo Lewis, a “Ação”. Entendo a importância de agir antes, durante e depois da venda, cria-se a sigla “AIDA”.

AIDA é um acrônimo para:

Atenção

Interesse

Desejo

Ação

Uma das primeiras menções mais expressivas ao AIDA desta forma aconteceu no livro escrito por Edward Kellogg Strong, em sua obra “A Psicologia das Vendas e da Propaganda”.

Consagrada como um jargão de publicidade e propaganda, acabou se expandindo para o Marketing e outras áreas da comunicação, das quais precisam de técnicas para atrair atenção, manter o interesse e criar o desejo por mais conteúdo daquela plataforma, daquela empresa.

Claro, conforme outros estudiosos passaram a analisar o processo de interação e compra, surgiram mais palavras para o acrônimo que auxiliaram na construção da estrutura e estratégia do funil de vendas.

Um exemplo dessa expansão do conceito se encontra sob a sigla AIDALA:

Atenção

Interesse

Desejo

Ação

Lealdade

Apóstolo

De toda forma, mais do que entender o acrônimo e repetir o comando elaborado por Lewis, um empreendedor deve estruturar uma boa comunicação e cadeia estratégica de Marketing Inbound, pois assim é possível construir um funil de vendas funcional. 

Sabendo com detalhes a história que originou o funil de vendas, torna-se infinitamente mais fácil entender sua estrutura e funcionalidade para a eficiência de um negócio.

Um negociante deve estar a par de todo o processo, pois nas próprias palavras de Elias St. Elmo Lewis: “Geralmente se ouve que tudo aquilo que o homem não sabe, não irá feri-lo, mas, quando falamos de negócios, aquilo que o homem não sabe irá certamente machucá-lo.”

Então, o que é funil de vendas?

Se AIDA representava de forma simplificada a trajetória do cliente pela espiral do consumo, o funil de vendas é a própria espiral. Essa metáfora representa a jornada esmiuçadamente, deixando aberto às estratégias personalizadas para cada negócio com suas particularidades.

Enquanto Lewis sabia que tudo se negocia, aprendeu-se posteriormente que não é possível tratar todo produto como se tivessem o mesmo teor e público-alvo.

O funil demonstra desde o momento em que os clientes têm o primeiro contato imediato com uma marca ou produto, guiando o empresário ou vendedor até o momento em que se fecha a compra ou contrato.

O funil de vendas permite abrir os conceitos primários da trajetória para o após, pois torna fácil a associação da importância do pós-venda e a fidelização.

Basicamente, o funil de vendas é a forma de descrever e elaborar técnicas para o processo de venda. Ele guia a equipe comercial com a fluidez, produzindo soluções e táticas, todas pensadas para tornar um “interessado” em “cliente fidelizado”.

O funil de vendas tem uma estrutura básica definida em três fases primordiais, mas como mencionado, cada marca e consumidor têm suas próprias singularidades que podem pedir por subdivisões das fases. Em suma, o funil tem o topo no qual entram os interessados e potenciais clientes e conforme descem pela estrutura afunilada, vão se tornando prospects, leads e fiéis consumidores.

Considera-se o meio e o fundo de funil como fases cruciais e diferentes, das quais podem ser subdivididas. Cada qual destas etapas obtém diferentes papéis ao longo da trajetória do consumidor de conteúdo (ou produtos e serviços), sendo assim devem ser analisadas com atenção.

Quais são as etapas do funil de vendas?

O funil se divide entre o topo (obtenção de consciência pelo interessado), meio do funil (geração de soluções e absorção das vantagens e informações) e, por fim, o fundo funil (fechamento da compra e fidelização pelo pós-contato). Mais detalhadamente entende-se cada fase da seguinte forma:

Topo do funil (ToFu)

A abertura do funil é ampla, cabe muitos interessados dos quais ainda não entendem de fato o que querem – ou precisam. Eles chegam às marcas compreendendo que existe um problema ou necessidade, mas não têm informações o suficiente para chegarem a qualquer conclusão.

Sendo assim, o papel do comerciante é educar, conversar e atrair o futuro cliente para uma possível solução daquela intempérie recém descoberta.

Uma boa equipe comercial consegue despertar dentro do futuro cliente o interesse, guiando para a própria marca através da tomada de consciência das formas em que o problema está o afetando. Tendo sucesso em convencer da necessidade de soluções – das quais sua marca tem -, ele segue para o meio do funil.

Meio do funil (MoFu)

O futuro cliente está interessado, reconhece a existência de um problema e descobre cada vez mais a possibilidade de resolver com a sua solução. Existe uma maneira de sanar a necessidade recém encontrada, logo está a cargo da equipe comercial guiando-o pelo trajeto e auxiliando a definir com maior propriedade o processo de julgamento dele.

O vendedor estará descobrindo dentro deste processo o perfil do possível cliente, qualificando-o de acordo com as perspectivas da empresa e, deste modo, analisando formas de torná-lo disposto a investir com satisfação na solução oferecida pela marca. O recomendado é criar um certo senso de urgência pela elucidação ou recurso.

Claro, ainda assim deve-se respeitar o tempo do interessado, dando apoio para gerar a tomada de decisão.

A forma mais eficaz de criar o senso de urgência respeitando o tempo do cliente, é demonstrar que as características do produto ou serviço já estão fazendo falta no cotidiano. Demonstre com dados de prejuízo e porcentagem de melhora, deixe que ele analise os feedbacks positivos.

Gere argumentos convincentes o suficiente para acreditar que a solução é aquilo que sua marca tem e pode ser da pessoa.

Fundo de funil (BoFu)

Não economize na arte da persuasão quando finalmente chegar ao fundo do funil. Se o meio do funil parece ser baseado na persuasão, para finalmente apertar as mãos e fechar negócio é necessário continuar o processo de convencimento.

Nas etapas anteriores a conversa era mais focada no problema, na necessidade e urgência pela solução, quando finalmente chega-se ao extremo do afunilamento é o momento de enaltecer a própria marca e produtos. Demonstre as qualidades e benefícios.

Uma boa forma de convencer o cliente a optar pela sua marca é comparar. Coloque em palavras, números e imagens o motivo pelo qual é melhor investir no que sua empresa tem a oferecer. Destaque-se da concorrência através da comparação, provando de uma vez por todas a existência da economia e retorno, simplesmente ao escolher a sua solução para o problema.

Esse é o momento de persuadir e conseguir a aprovação, desta forma ganhando um lead e, em seguida, um cliente.

Uma informação importante sobre a evolução de um lead para um cliente: o segredo está justamente na continuação do fundo do funil, isto é, no pós-venda. Conquistar a fidelidade se baseia na confiança, ou seja, fazer acreditar que a solução do problema é contínua.

Peça por feedbacks constantes, entre em contato após um tempo. A persuasão não termina quando as mãos se apertam, ela deve ser mantida.

Para uma compreensão mais simplificada do funil de vendas, cada etapa pode ser resumida em:

  • topo do funil: descoberta do problema e consciência de uma possível solução;
  • meio do funil: entendimento mais amplo do problema e senso de urgência pela solução oferecida;
  • fundo do funil: avaliação final da solução, aquisição e contato para fidelização;

Vale ressaltar que o funil de vendas não se refere unicamente às vendas materiais (produtos), mas também pode ter sua técnica aplicada na construção de textos. No caso, o topo seria a pletora de informações disponíveis para o conteúdo, mas reconhece que é necessário filtrar tudo para se encaixar no que é procurado pela “persona”, logo aquilo que é útil e deve ser usado, sobra ao fim do afunilamento.

Essa é uma técnica de captação de consumidores de informação através do marketing inbound para textos otimizados de redação SEO.

Quais as diferenças entre funil de vendas e funil de marketing?

Homem sorridente, vestindo uma camisa quadriculada e cumprimentando uma outra pessoa. Ambos estão ao lado de uma mulher que também está sorrindo e participando deste momento. Ela veste uma camiseta preta e um casaco alaranjado.

Quando tratamos da experiência de um cliente ou consumidor de informação dentro das plataformas digitais, a certeza mais importante é a de que públicos diferentes pedem por abordagens diferentes. Isso é uma das regras quando se trabalha com pessoas. Desta forma é possível compreender que por vezes somente às ações e táticas do funil de vendas podem não ser as mais eficientes e aqui entra uma versão semelhante: o funil de marketing.

O funil de marketing poderia ser considerado a etapa antes do funil de vendas. Essa técnica é responsável por gerar conteúdos que atraiam público para o topo do funil de vendas e acompanhar desde a captação até o contato final.

O funil de vendas visa entender em qual etapa da tomada de decisão o cliente já se encontra, levando como principal ideia a de que a pessoa tem conhecimento da existência de um problema e esteja atrás da resposta. Sendo assim, a equipe comercial analisa a persona para gerar uma estratégia personalizada.

Por sua vez, o time de marketing é o responsável por fornecer materiais completos e conteúdos que comprovem a existência dessa solução. Cada peça de divulgação é elaborada pensando em atrair leads, prospects e consumidores, ou seja, interessados, informados e clientes fiéis.

Foi mencionada no item anterior a existência do Marketing Inbound, o funil de marketing é a metáfora para as principais funções do marketing inbound, isto é, a atração para o que a marca tem para oferecer, a solução.

No fim, ambos os funis de vendas e marketing visam conquistar uma gama ampla de clientes para o sucesso da marca.

Por que o funil de vendas bem estruturado é importante para uma empresa?

A consistência nas técnicas que geram resultados positivos é o segredo para a longevidade de uma empresa. Podemos dizer que é fundamental o entendimento desta máxima quando se está desenvolvendo o próprio negócio, sendo assim a aplicação dos serviços de áreas como o marketing são cruciais no entendimento do mercado e público-alvo.

Através das informações colhidas consegue-se gerar estratégias funcionais para o time comercial.

Em resumo, para o sucesso do negócio, o funil de marketing e funil de vendas devem andar lado a lado, auxiliando no processo de ampliar e melhorar outros setores também. Conforme o tempo foi passando e passou-se a depender mais e mais da tecnologia, técnicas de marketing passaram a criar raízes importantes dentro da cultura das empresas. 

Anteriormente muitos pensavam que o crescimento da empresa e volume de vendas dependia unicamente das informações de contato com clientes captados, mas isso deixou de ser a regra e passou a tornar exceção quando foi compreendida a relevância na procura.

O público evolui e a marca deve evoluir junto. Se a exigência por melhores serviços, produtos e atendimento é a lei, então as empresas prestadoras acabam criando adaptações para suprir essa nova demanda.

Aqui entra o funil de vendas, pois muito além do processo de monitoramento da satisfação e dos acessos à procura de seus produtos e serviços, a marca deve entender como os clientes pensam. A compreensão gera uma gama de informações que se tornam estratégias. Foi assim que Lewis criou o AIDA e desta mesma forma um comando virou uma tática flexível.

Esse entendimento de todas as dúvidas e possíveis pensamentos de diferentes públicos tornam o funil de vendas uma fonte inesgotável de vantagens. Seja para destacar sua marca em relação aos concorrentes e se estabelecer como uma potência no segmento, ou para aprimorar a produtividade, as etapas que constroem o funil são ferramentas relevantes.

Podemos mencionar como principais os seguintes benefícios da criação de um funil de vendas eficiente:

  • antecipação e perspectiva prévia dos resultados gerados: o funil de vendas é dividido em etapas que se colocássemos de forma visual funcionaram como um escorregador, logo para chegar no próximo estágio, passa-se pelo anterior.

    Deste modo, para o cliente ser guiado até o fundo do funil precisa passar pelo meio. Através de análises geradas ao longo do tempo, os setores responsáveis poderão ter uma visão mais ampla dos resultados já gerados pelas estratégias e antecipar com maior precisão os resultados que ainda virão;
     
  • melhora na produtividade: uma boa estrutura gera bons resultados, logo um funil de vendas criado e planejado por especialistas pode auxiliar não somente na aplicação mais certeira de técnicas para vendas, mas também promover uma melhora na produtividade geral.

    Essa tática permite que sejam mensuradas as porcentagens de produtividade de todos os envolvidos no funil, descobrindo os setores com maiores dificuldades e acompanhando a evolução individual e da equipe.Os dados gerados são de conhecimento dos colaboradores analisados, desta forma os próprios indivíduos têm a possibilidade de observar o rendimento e a melhora gradual;
  • gestão aprimorada: uma das principais características do funil de vendas é a padronização de técnicas  permitindo que exista uma flexibilização, ou seja, apesar da segmentação, o processo é todo otimizado. A análise das etapas se torna mais ágil e objetiva. 

    Desta forma as áreas responsáveis pela gestão dos resultados podem se aprimorar também, criando novos objetivos conforme metas são atingidas e promovendo-os de forma eficiente;

  • oportunidades com melhor possibilidade de aproveitamento: através da implementação de um funil de vendas torna-se possível acompanhar as etapas e seu desenvolvimento com precisão, em tempo real. Com isso, cada oportunidade pode ser assistida e as táticas mais adequadas podem ser observadas e aprendidas instantaneamente. Exemplos de novas estratégias são aplicadas e os negócios fechados; 
  • desenvolvimento de produtos: podendo analisar todas as estratégias e resultados com imediatez e precisão, a empresa obtém informações de valor inestimável das quais podem guiar os caminhos que levam ao aperfeiçoamento dos produtos e serviços já oferecidos. 

    O funil de vendas torna a interatividade muito maior, mas de uma forma estratégica. Compreende-se as principais dúvidas e como aprimorar tudo para se encaixar nas expectativas de outros clientes também;

Devemos ressaltar que o funil de vendas é um dos principais aliados na hora de gerar a fidelização dos clientes. Ou seja, além de aprimorar as técnicas dentro da própria empresa para captação de leads, também cria consumidores fiéis.

Como montar um funil de vendas

Tendo entendido com propriedade o que é a origem do funil de vendas e todos os benefícios, agora se torna mais fácil discutir os passos a serem analisados durante sua construção. Afinal, o funil de vendas não é somente uma metáfora, mas sim uma ferramenta que deve ser aplicada em etapas.

Para montar um funil de vendas eficiente, comece determinando quais são os produtos e serviços a serem oferecidos. O marketing digital tem seu início no momento em que são colocados em destaque as principais “soluções” fornecidas pela empresa para os problemas dos interessados.

Os detalhes variam levando em consideração o catálogo disponibilizado.

Quando estiver selecionando o portfólio de negócios, deve-se também pensar nos elementos que serão usados no marketing digital:

  • formato: como o conteúdo se apresenta, isto é, se é um produto digital, físico, impresso ou moldado;
  • componentes: a descrição mais básica de tudo que se encontra incluso em seu produto ou serviço;
  • custo e forma de pagamento: esses dois itens são importantes para circular informações relacionadas à comparação de valores com a concorrência;
  • entrega: aqui estão os itens para divulgação por email, link de email, download, etc;

Entendendo quais são os produtos e serviços a serem fornecidos e divulgados, o próximo passo é descobrir quem é a persona – ou público-alvo – para o que está sendo ofertado. Ter uma compreensão aprofundada de quem irá comprar torna o processo de marketing mais fácil.

Não existe um consenso sobre como iniciar, mas se torna progressivamente mais fácil definir uma persona se já tiver um portfólio bem elaborado.

Comece o processo traçando um perfil com detalhes precisos que tornam a imagem do cliente mais fácil de ser analisada. Pode ser usado como base uma ficha com as seguintes informações: idade, gênero, localidade onde mora, estado civil, principais interesses, segmento de trabalho, o que mais almeja, sonhos e metas da persona.

Lembre-se que quanto mais detalhe, mais fácil é para se comunicar com um público em específico.

Tendo um catálogo de produtos e a persona bem traçada, em seguida é recomendado que crie uma oferta. Quais os principais destaques voltados ao seu público-alvo que você quer ter em sua landing page?

É importante também definir uma interatividade entre cada oferta, sempre deixando claro suas vantagens e explicações detalhadas sobre tudo. O contato também é importante, então disponibilize formulários para cadastro e recepção de todas as ofertas mencionadas.

Quando estiver estabelecendo suas ofertas e descrições, leve em consideração que o objetivo principal é tornar a marca atraente e gerar interesse dos potenciais clientes. Informações são valiosas e quanto mais dela puder ser oferecido, mais atraente os produtos e serviços irão aparentar para a persona.

Além de ofertas relacionadas a valores, inclua outros detalhes que podem chamar atenção, como guias de instruções, vídeos instrutivos sobre o uso de cada produto e serviço, aplicativos ou plugins e e-books.

Quando uma marca se lança no mercado digital, uma das principais questões é o recebimento de emails e mensagens dos consumidores. Uma forma de facilitar o fluxo e análise de dados, é a automatização desses serviços. Tendo newsletters e outros tipos de formulário com informações de ofertas, o próximo passo é tornar o envio algo autônomo.

Logo, um sistema de software eficiente irá tornar essa automação algo real, através de marketing com chatbots tudo será encaminhado eficientemente, sem custar do seu tempo.

O tempo do empreendedor representa dinheiro, logo o tempo é caro e deve ser utilizado sabiamente. Deixe que a tecnologia cuide das mensagens de boas vindas, newsletters, estudos de caso, conteúdos personalizados, promoções e outras informações que levariam uma eternidade para serem encaminhadas manualmente.

Outro ponto importante que está incluso na aplicação e construção de um filtro de vendas, definitivamente é a elaboração da landing page.

Nela devem estar inclusos os benefícios da sua marca e oferta, se houver brindes o título deve estar claro e conciso, os gráficos não podem exceder o nível do aceitável e, talvez uma das informações mais importantes, indique endereços de email, telefones, números para contato pelo WhatsApp, nomes, localização, entre outros dados responsáveis por gerar confiança.

Com todas as informações de contato, automatização das mensagens e emails de newsletter, design elaborado para uma landing page atraente e intuitiva, tudo isso deve estar aliado aos conteúdos de marketing digital também. Assim se garante que tudo esteja bem conectado e entregue de forma correta àqueles que se inscreveram pelos formulários.

O próximo passo, então, é direcionar o tráfego para a página principal que desejar. Para facilitar o processo de direcionamento, podem ser usadas diversas técnicas e ferramentas que funcionam para aumentar o tráfego interno no site.

As técnicas em questão incluem: produção de conteúdos para mídias sociais e blogs, incentivos para que os clientes também compartilhem sua opinião sobre produtos e serviços, fornecendo conteúdos ricos em informações de forma gratuita, ferramentas e estratégias para otimização em mecanismos de busca (SEO) para melhorar seu posicionamento no Google.

Outra forma é o investimento em anúncios pelo Facebook Ads ou Google Ads, para resultados ainda mais positivos.

Todas as etapas para construção e aplicação eficaz do funil de vendas funcionam para gerar fidelidade. Contudo, o uso contínuo dessas táticas é o que gera a lealdade em si, pois através dela é que o cliente compreende suas “soluções” como satisfatórias.

Desta forma ele irá continuar consumindo do que você oferece e ainda divulga, pois o fortalecimento da relação marca e cliente acaba se estendendo para a promoção vocal, gerando novos potenciais leads.

Nunca se esqueça de que ter clientes fiéis é uma das partes mais essenciais para a longevidade da marca. O funil de vendas auxilia no fortalecimento dos vínculos, mas a valorização dele deve ser tomada como principal.

Por fim, a construção do funil de vendas chega ao estágio de testes e aprimoramento. Conforme a presença digital da marca cria novos patamares, a forma como a landing page e os conteúdos são produzidos passam pelo período de análise inicial.

Desta forma é possível entender os acertos e o que pode ser melhorado, desta forma traçando estratégias mais duradouras e táticas flexíveis.

O crescimento da página de acesso permite que os visitantes sejam qualificados, assim aumentando a conversão, isto é, números em porcentagens de pessoas se inscrevendo e interagindo com o site e com os produtos. Desta forma eles entram no seu funil de vendas e passam por todas as etapas.

Reconhece-se que o funil de vendas está obtendo ótimos resultados através de indicadores personalizados de desempenho. Assim os cargos de gestão podem analisar com propriedade o retorno do investimento nas estratégias.

Um ponto válido a ser ressaltado é que o funil de vendas permite que sejam obtidos dados sobre tráfego de clientes em potencial, reconhecendo seus padrões de acesso e principais pontos de interesse dentro da marca. Tudo isso é mensurado por análises de dúvidas, por exemplo. Através do funil também existe um aumento em relação aos seguintes pontos:

  • quantidade e volume de leads qualificados no site;
  • o crescimentos da visibilidade entre clientes em potencial;
  • receita geral obtida pelo seu negócio no período de uso do funil de vendas;
  • fortalecimento da presença digital da marca;
  • fidelização de clientes e surgimento de novos potenciais consumidores através da indicação;
  • aprimoramento dos conteúdos gerados, utilizando o interesse da persona como base;

Esses são os passos seguidos ao criar um funil de vendas eficiente. No entanto, sua construção exata e com garantia de funcionalidade pode ser responsabilidade de um empresa que ofereça um software CRM e serviços ligados ao marketing inbound.

O Ideal Sales é um exemplo de companhia de marketing digital com experiência e oportunidades únicas para obtenção de resultados com investimentos justos. O retorno em acessos se inicia no momento em que os clientes surgem no topo do funil.

Ideal Sales: a importância de ter um CRM para o bom funcionamento do funil de vendas

Como foi mencionado no item anterior, a construção de um funil de vendas e funil de marketing eficazes se tornam mais fáceis com o auxílio de um software de CRM.

O Ideal Sales é destaque no segmento de marketing digital e está crescendo no ramo de Customer Relationship Management (Administração de Relacionamento com o Consumidor), pois, com seus planos, fornece serviços como o funil de vendas especializado para empresas de diferentes segmentos, focando-se em vendas.

Caso não saiba o que é um software CRM, vamos explicar de forma resumida, mas não se esqueça de conferir outros conteúdos sobre CRM e temas relacionados ao marketing digital em nosso blog.

O que é CRM?

Mulher tocando a tela de um notebook por meio de uma caneta especial. Ao centro da imagem, há uma figura branca com o nome "CRM".

Software CRM é como denomina-se a ferramenta para registro e organização de interação entre vendedor e seus clientes. Apesar de se tratar inclusive de uma aplicação digital, não se limita ao ambiente virtual, principalmente porque todo o processo de desenvolvimento da relação comercial entre as duas partes acaba acontecendo principalmente fora de plataformas, antes, durante e após qualquer transação.

Ou seja, o Customer Relationship Management deve ser efetuado em todos os âmbitos.

É possível descrever como uma estratégia voltada para as empresas, mas não devemos tornar essa descrição como única. As técnicas que envolvem o processo de CRM tratam-se também da previsão e entendimento aprimorado das preferências e necessidades expressadas pelos clientes, desta forma compreendendo o que pode ser mudado para atrair novos consumidores.

Isso também auxilia na observação do envolvimento dos interessados e potenciais clientes com a marca.

Além de toda essa análise de dados baseados em interações e informações de clientes, o software CRM pode gerar uma database com potencial para redução significativa dos erros e automatização de determinados processos.

De toda forma, o núcleo do CRM é o software, logo a geração e análise dos dados é uma das estratégias mais básicas. Esses dados são recolhidos em situações nas quais há maior interação entre cliente e plataforma, como no processo de vendas. Assim determinadas informações são adquiridas e armazenadas num database de vendas.

De forma resumida, o CRM gera estratégias a partir de informações recolhidas e armazenadas em bancos de dados. Seja por chamadas telefônicas, e-mails ou visitas ao portal oficial, tudo fica salvo para auxiliar na otimização da relação com os clientes.

Existem alguns exemplos de software CRM para diferentes utilidades e focos. Contudo, no fim todos foram criados para promover o sucesso e aprimoramento da relação entre empresa e cliente.

Os softwares e databases foram gerados para analisar com perspectivas diversas como obter os dados mais completos e melhores resultados finais, levando em consideração a experiência do consumidor.

Ferramentas disponibilizadas pelo Ideal Sales e planos oferecidos

O Ideal Sales garante os principais recursos para software CRM, promovendo o uso de ferramentas personalizadas e um funil de vendas funcional. Sendo uma empresa de marketing digital, mas ligada principalmente ao ramo da tecnologia, temos diversas aplicações criadas para promover resultados extraordinários e crescimento imediato em acessos.

Algumas das ferramentas disponibilizadas em nossos planos e que foram criadas para otimizar seu funil de vendas incluem:

  • ferramentas customizadas: garantimos a customização e otimização das ferramentas utilizadas no atendimento ao fluxo de clientes bem como de outras informações;
  • informações centralizadas: é possível acompanhar todas as métricas com informações dispostas de forma centralizada, para visualização e entendimento;
  • automatização e otimização do tempo: garantimos o aprimoramento do tempo de trabalho, desta forma a produtividade da equipe é assegurada;
  • monitoramento completo: acompanhamento e monitoramento de todos os processos comerciais e estratégias utilizadas, tudo podendo ser visualizado de ponta a ponta;
  • segurança de dados: todas as informações e dados armazenados ficam na segurança da nuvem, desta forma o espaço ilimitado se alia à segurança para os preciosos dados fornecidos;
  • funil de vendas: garantia de leads segmentados por empresa, setor ou negócio;

O software CRM fornecido pelo Ideal Sales também conta com acesso ilimitado, isto é, sem a limitação ou necessidade de instalar aplicativos.

Desta forma, a estrutura se torna adaptável e o visual de exibição mobile se adapta mais apropriadamente de acordo com o celular. A experiência de observar os resultados em tempo real onde estiver, sem depender de Apps.

Através do software CRM é possível anexar áudios, fotos e vídeos dentro dos leads de forma descomplicada. Além do mais, existe a disponibilidade de receber notificações das atividades e pendências para o dia. Tudo isso aliado à possibilidade de fazer anotações dentro do software enquanto estiver em reuniões ou ligações, sem perder qualquer informação.

Tratando especificamente dos serviços fornecidos pelo Ideal Sales, nosso funil de vendas é 100% personalizável e com acompanhamento visual das etapas de cada negócio iniciado. 

Com isso é possível modificar e atualizar cada negociação em uma única tela, além de configurar as etapas e atividades do funil da maneira que achar melhor. A visualização das informações definidas como essenciais aparecem pela tela de Kanban, com filtros rápidos para segmentar e acessar os contatos sem dificuldades.

Através do funil de vendas do Ideal Sales também é possível acompanhar a produtividade e evolução da equipe. As ferramentas modernas auxiliam na identificação através de relatórios e dashboards, pontuando o que pode ser melhorado e oportunidades para bater e superar metas diariamente.

O funil de vendas construído através do nosso software CRM possui dashboard em tempo real, diversas ações sem sair da visualização dos relatórios. A personalização e criação de relatórios é feita única e exclusivamente para sua operação.

Visando promover um automação de ações e melhor visualização da equipe, os painéis de relatório individuais podem ser criados para análise de desempenho com detalhes únicos e análises feitas pelo sistema.

Todos esses serviços são oferecidos com inúmeros diferenciais em três pacotes com valores distintos, desta forma independentemente do porte da empresa, ela ainda poderá crescer e se aprimorar através do funil de vendas e software CRM do Ideal Sales.

Confira nossos planos clicando aqui.

É importante ressaltar que o Ideal Sales fornece um teste de 14 dias 100% gratuito. Acesse nosso site e entenda como sua empresa pode se beneficiar com nossos serviços.

Como entrar em contato

Se você deseja conhecer mais sobre o Ideal Sales e como ele pode te ajudar a revolucionar seu processo de vendas, acesse o site: https://www.idealsales.com.br/contato/

Não perca sua chance de fazer sua empresa crescer dentro do segmento e nas pesquisas do Google. Fale com um dos consultores do Ideal Sales e adquira os serviços disponibilizados por nosso software CRM completo.

Tenha o tráfego ideal. Venha para o Ideal Sales.

FAQ Ideal Sales: dúvidas frequentes sobre nosso funil de vendas

Quando se discute algo tão importante e – potencialmente – complexo como o funil de vendas, é comum ficarem dúvidas mais específicas sobre questões discutidas anteriormente. Para que não haja perguntas não respondidas sobre a função e eficiência do funil de vendas do Ideal Sales, disponibilizamos o FAQ Ideal Sales.

O FAQ Ideal é um espaço voltado para responder as perguntas mais frequentes realizadas por clientes, desta forma podemos auxiliar a esclarecer as suas dúvidas de forma mais autônoma. 

Confira algumas das respostas abaixo e verifique se tudo foi esclarecido; do contrário, entre em contato conosco pelo formulário, clicando aqui.

O que é um funil de vendas?

De modo resumido, funil de vendas é como foi denominada a elaboração de técnicas aprimoradas para vendas. Essa é a ferramenta responsável por guiar as táticas utilizadas pela equipe comercial, compreendendo as diferentes abordagens para os futuros clientes.

O funil de vendas é dividido em uma estrutura básica que consiste em: topo do funil (ToFu), meio do funil (MoFu) e fundo de funil (BoFu), podendo existir subdivisões entre o meio do funil e o fundo. Isso acontece pois diferentes produtos são criados para diferentes clientes, dos quais pedem diferentes abordagens e estratégias de persuasão.

Quais são as vantagens do funil de vendas?

O funil de vendas vem acompanhado de vantagens. Esses benefícios tornam o marketing digital e suas técnicas cruciais para a fidelização de clientes e surgimento de novos leads. Sendo assim, alguns dos principais destaques em matéria de investimento e retorno são:

  • antecipação e perspectiva prévia dos resultados gerados;
  • melhora na produtividade;
  • gestão aprimorada;
  • oportunidades com melhor possibilidade de aproveitamento;
  • desenvolvimento de produtos;

Por si só, a possibilidade de entendimento das diferentes necessidades acerca do processo de captar clientes, o funil de vendas se comprova como um investimento válido e com possibilidade de retorno quase imediato à sua aplicação no dia-a-dia de empresas.

Essa ferramenta também é parte do marketing inbound e visa compreender as dúvidas e reivindicações de cada persona presente no público-alvo.

Se a voz do povo é a voz de Deus, então os responsáveis pelo marketing digital da empresa são os responsáveis por interpretar cada nova parábola desse público em constante evolução.

Qual a principal diferença entre funil de vendas e funil de marketing?

Resumidamente, o funil de marketing é quem produz conteúdos voltados para o público-alvo da empresa. Desta forma, possíveis clientes com maior intenção de compra chegam ao topo do funil de vendas.

O funil de vendas tenta entender em qual etapa da tomada de decisão o cliente está, pois dessa forma pode usar da estratégia principal do funil para levá-lo até o fundo, isto é, à compra e aquisição da “solução para o problema”.

O funil de marketing e o funil de vendas trabalham em conjunto para melhores resultados.

Ambos são desenvolvidos com estratégias para ampliar a gama de clientes e o sucesso da marca.

Quais os passos básicos seguidos na construção do funil de vendas?

Para criar um funil de vendas eficiente é necessário seguir alguns passos. Em poucas palavras, as principais etapas para uma ferramenta útil são as seguintes:

  • determinação de quais são os produtos e serviços a serem oferecidos;
  • entendimento de  quem é seu público-alvo;
  • criação de uma oferta;
  • automatização dos fluxos de e-mail e mensagens;
  • desenvolvimento de  uma landing page atrativa;
  • conexão dos elementos da landing page aos de marketing digital;
  • direcionamento do tráfego no site de forma intuitiva;
  • conquista e estabelecimento de lealdade dos clientes;
  • testagem de diferentes estratégias e otimização do funil de vendas criado;

Para informações mais detalhadas sobre a construção do funil de vendas, leia o item “Como montar um funil de vendas” clicando aqui.

Quais os diferenciais do software CRM do Ideal Sales?

O Ideal Sales é um software CRM completo, do qual oferece diversos benefícios para seus usuários. Entre seus diferenciais, disponibiliza a personalização da ferramenta por meio de ajustes de alguns campos, relatórios, dashboards, entre outros. A automatização de processos é outro diferencial a ser ressaltado.

Nosso software também é completo, oferecendo um suporte de pronto-atendimento via agendamento e WhatsApp. Por ser um serviço fornecido pelo Grupo Ideal Trends, existe uma equipe de CS (Customer Success) para auxiliar em toda a implementação e otimização da ferramenta.

Para mais informações, clique aqui.